Em entrevista

Lula diz não acreditar em outsider e alfineta Huck: “quero disputar com alguém com logotipo da Globo na testa”

Ele ainda falou sobre as candidaturas em potencial de Jair Bolsonaro e Joaquim Barbosa em entrevista à rádio goiana

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Em  entrevista à Rádio 730 AM, de Goiás, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que não vê a possibilidade de não ser candidato.  “Ainda não discutimos candidatura, mas a minha disposição é de ser candidato e fazer o povo voltar a andar de cabeça erguida”, disse ele. 

O petista ainda provocou o apresentador de TV Luciano Huck, que está sendo cotado para disputar a presidência, ao afirmar que tudo o que mais deseja na vida é “disputar (a cadeira presidencial) com alguém com o logotipo da Globo na testa”. Ele afirmou não acreditar em outsider e que gostaria de ver “o que eles querem para o Brasil”. “Ainda não discutimos candidatura, mas a minha disposição é ser candidato e fazer o povo voltar a andar de cabeça erguida. Quem salvou o Brasil uma vez, pode salvar o Brasil de novo”.

Aprovação a Luciano Huck dispara e vai a 60%, diz pesquisa; avaliação de Lula também melhora

PUBLICIDADE

“O Bolsonaro tem sete mandatos no Congresso e tenta dizer que não é político. O povo tem que observar a vida de cada um. (…) Estão tentando colocar o Huck, o Joaquim Barbosa… Na hora que começar o jogo vamos ver quem marca gol”, complementou o político. 

O ex-presidente criticou novamente o cerco que vem sofrendo na Operação Lava Jato, ao afirmar que não se pode pegar um instrumento como a delação premiada e só aceitar se “o Lula for citado”. “O power point é mentiroso. Não tem nada concreto, sem base jurídica. Uma fantasia do procurador.” Ele ainda disse que a gestão do PT foi a quem mais criou instrumentos de combate à corrupção no Brasil. “Não tem uma lei de combate à corrupção que não tenha sido aprovada no governo do PT. Já cansei de desafiar a Lava Jato a apresentar provas.”