Pós-votação

Lula deve liderar governo em caso de permanência de Dilma, diz Valor

Dilma seria isolada, segundo o colunista do jornal <div><span style="font-size: 14.6667px"></span></div>

Aprenda a investir na bolsa

(Bloomberg) – Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve liderar agenda de retomada do crescimento econômico caso o impeachment seja derrotado e a presidente Dilma Rousseff permaneça, diz Raymundo Costa, colunista do Valor Econômico, citando um integrante do grupo que traça e executa estratégias para combater o impeachment.

  • Dilma seria isolada, segundo o colunista
    • Atual equipe econômica seria trocada após um período de transição
    • Lula tentaria convencer movimentos sociais de que é preciso sacrifício agora para ter chance em 2018; foco seria a geração de empregos
    • Governo usaria bancos públicos para ofertar crédito, estimular renovação da frota de automóveis, retomaria obras paradas do Minha Casa, Minha Vida e mexeria na política externa
  • Governo acredita que tem mais que os 171 votos necessários para derrotar o impeachment na votação em plenário da Câmara dia 17, segundo o colunista do Valor
    • Margem do governo seria de 20 a 30 votos

Esta matéria foi publicada em tempo real para assinantes do serviço Bloomberg Professional.


Especiais InfoMoney:

Aprenda a investir na bolsa

Carteira InfoMoney rende 17% no 1º trimestre; 5 novos papéis entraram no portfólio de abril

Trader que perdeu R$ 285.000 com Telebras conta como deu a volta por cima

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa