Lula deve indicar o senador Edison Lobão para o Ministério de Minas e Energia

Ao que tudo indica, indicação deve acontecer na próxima semana durante reunião com a cúpula do PMDB

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Ao que tudo indica, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva deverá oficializar a indicação do senador Edison Lobão para o Ministério de Minas e Energia em reunião com a cúpula do PMDB marcada para a próxima quinta-feira (10).

Lula convidou o principal padrinho político de Lobão, o senador José Sarney, para participar do encontro no Planalto. Além dele, deverão participar da reunião o presidente do PMDB, Michel Temer, o líder do governo no Senado, Romero Jucá, a senadora Roseana Sarney e o ministro das Relações Institucionais, José Múcio.

Acordo

A indicação de Lobão ao Ministério de Minas e Energia supostamente faz parte de um acordo do grupo de José Sarney com a bancada de Michel Temer, que fazia oposição a Lula no primeiro mandato.

Aprenda a investir na bolsa

O grupo de Temer bancou a candidatura de Garibaldi Alves à presidência do Senado em troca do apoio ao pleito de Sarney em favor de Lobão.

Sarney também era o padrinho político do ex-ministro Silas Rondeu, que foi afastado do cargo por suspeitas de irregularidades e que está sendo substituído interinamente por Nelson Hubner.