EM DESTAQUE EUA surpreendem e criam 2,5 milhões de empregos em maio; taxa de desemprego cai a 13,3%

EUA surpreendem e criam 2,5 milhões de empregos em maio; taxa de desemprego cai a 13,3%

Lula critica paralisação de obras pelo TCU e defende mudanças na fiscalização

Presidente afirmou que muitas paralisações são injustificáveis e cobrou critérios mais específicos dos órgaõs fiscalizadores

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Durante cerimônia de posse do novo Advogado Geral da União, Luís Inácio Adams, o presidente Lula criticou o TCU (Tribunal de Contas da União) pela paralisação de obras do governo e disse que elas causam atraso no País.

Lula defendeu mudanças nos órgãos de fiscalização e sugeriu punições para quem paralisar obras sem que haja justificativa. Para o presidente, é necessário criar critérios mais específicos para a paralisação de obras, e criar instrumentos, como “uma câmara de nível superior, inatacável, para decidir. Senão, o País fica atrofiado”.

O presidente criticou ainda o que chamou de “absurdos” dos órgãos de fiscalização, citando o caso de uma obra que já foi paralisada nove vezes por causa de uma pedra. Lula afirmou que prepara um relatório sobre o assunto.