AO VIVO Analisando ações: como fazer trades se você tem pouco tempo para operar

Analisando ações: como fazer trades se você tem pouco tempo para operar

Defesa

Lula critica Donald Trump por ameaçar Venezuela e fala em criar “grupo de amigos”

"Ao invés de dizer que vai usar armas, (Trump) deveria propor a criação do grupo de amigos da Venezuela", completou o petista

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Em evento realizado nesta terça-feira (15), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, por ter ameaçado a Venezuela com a possibilidade de uma ação militar no país vizinho ao Brasil. Apesar disso, o petista evitou defender o governo de Nicolás Maduro.

“O seu Trump precisa aprender que a gente não resolve conflitos políticos com armas. Resolve com diálogo, com acordos”, disse Lula no lançamento do Instituto Futuro, instituição criada com apoio de sindicalistas argentinos que terá a função de discutir políticas públicas para a América Latina.

Na última semana, Trump afirmou que os EUA poderiam usar força militar contra o regime de Nicolás Maduro. Mesmo sem defender Maduro, Lula disse querer que o presidente da Venezuela “acerte”.

Aprenda a investir na bolsa

“E se ele (Trump) não souber (como promover o diálogo), nós aqui na América Latina poderemos ensiná-lo como construir a paz no nosso continente”, disse o ex-presidente brasileiro. “Ao invés de dizer que vai usar armas, (Trump) deveria propor a criação do grupo de amigos da Venezuela”, completou o petista.