Lula cresce nas pesquisas e registra menor nível de rejeição, revela CNT/Sensus

Por outro lado, Geraldo Alckmin, além de registrar menor intenções de voto, teve seu índice de rejeição elevado

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Confirmando a maior preferência do eleitorado brasileiro pelo candidato Luiz Inácio Lula da Silva, a pesquisa CNT/Sensus, publicada há pouco, mostrou que, além de ampliar sua vantagem sobre Geraldo Alckmin, o petista registrou o menor nível de rejeição desde 2005.

Lula aparece agora com 51,4% das intenções de voto, frente aos 47,9% registrados no inicio do mês. Já Alckmin, que na pesquisa realizada entre os dias 1º e 4 de agosto, estava com 19,7%, se manteve praticamente estável com 19,6% das intenções de voto. Esses números dão a vitória ao candidato Lula já no primeiro turno das eleições.

Rejeição diminui

Outro ponto positivo ao candidato-presidente Lula é que o seu nível de rejeição caiu, enquanto o de Alckmin subiu. A rejeição ao presidente passou de 27,0% para 25,5%. Já no caso do candidato tucano, o movimento foi inverso: a rejeição subiu de 37,6% para 42,0%.

Aprenda a investir na bolsa

O Instituto Sensus entrevistou 2.000 pessoas entre os dias 22 e 25 de agosto, em 195 municípios do país. A margem de erro da sondagem é de 3 pontos percentuais.