Deslize

Lula contradiz nota do próprio instituto sobre tríplex em depoimento a Moro

"Às vezes fico sabendo da nota pela imprensa", consertou o ex-presidente

SÃO PAULO – Embora a avaliação geral de muitos criminalistas seja de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve um saldo positivo para sua defesa em depoimento ao juiz Sergio Moro na última quarta-feira, houve momentos contraditórios que marcaram alguns deslises do petista. Um dos mais marcantes foi destacado pelo jornal Folha de S. Paulo nesta sexta-feira: a divergência com uma nota divulgada pelo Instituto Lula em 2016.

Na audiência, o ex-presidente afirmou que desconhecia que benfeitorias seriam feitas no tríplex em Guarujá (SP) e que à época não tratou do assunto com sua mulher, Marisa Letícia. Apesar disso, o procurador da força-tarefa Roberto Pozzobon chamou atenção para nota divulgada sobre o caso, em que se dizia que reformas e modificações no imóvel “naturalmente seriam incorporadas ao valor da compra”.

Ao ser lembrado da nota, o líder petista respondeu que não é dirigente do instituto e que os comunicados são elaborados em acordo com os advogados, sem sua participação. “Às vezes fico sabendo da nota pela imprensa”, disse.

PUBLICIDADE