Política

Lula consegue autorização para participar de velório de neto em SP

Decisão da juíza Carolina Lebbos se ampara na Lei de Execução Penal, que permite a saída temporária de presso para velórios e enterros de familiares

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi autorizado, nesta sexta-feira (1), a sair temporariamente da prisão, na sede da Polícia Federal em Curitiba (PR), para ir ao velório e o enterro de seu neto Artur Araújo Lula da Silva, morto hoje, aos 7 anos, em Santo André (SP), em decorrência de uma meningite meningogócica.

A autorização, dada pela juíza Carolina Lebbos, responsável pela execução da pena do líder petista, se ampara na Lei de Execução Penal, que permite a saída temporária de presos para velórios e enterros de familiares.

No mês passado, Lula não pôde se despedir de seu irmão Vavá (Genival Inácio da Silva), em função de entraves jurídicos. A justificativa da época teria sido a falta de aeronaves e o risco à segurança do petista e à ordem pública.

PUBLICIDADE

Segundo reportagem d’O Estado de S.Paulo, a defesa de Lula cogitava fazer o pedido diretamente ao STF (Supremo Tribunal Federal) para que o petista pudesse acompanhar o velório de seu neto, mas desistiu após ser informado da autorização.

Lula seguirá para São Paulo em aeronave do governo do Paraná, cedida pelo governador Ratinho Júnior (PSD), a pedido da Polícia Federal. Os advogados do petista se comprometeram a não divulgar informações sobre o trajeto a ser realizado”.

Conforme noticiou a Folha de S.Paulo, a militância também decidiu não fazer atos em frente à Polícia Federal.