Lula ainda lidera disputa, mas vantagem sobre Alckmin é menor, apura CNT/Sensus

Em um eventual segundo turno nas eleições presidenciais, Lula ficaria com 45% e Alckmin com 33,2% dos votos

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Divulgada nesta terça-feira, a pesquisa CNT/Sensus de abril indicou que Luiz Inácio Lula da Silva manteve a liderança na disputa pela presidência, mas agora com uma menor vantagem sobre o candidato do PSDB, Geraldo Alckmin.

O levantamento também revelou que a aprovação pessoal do atual presidente manteve-se estável, assim com avaliação positiva do governo. Em contrapartida, a pesquisa indicou que, em abril, uma maior parte do eleitorado avaliou negativamente o governo Lula.

Lula na frente, mas com menor vantagem

Uma simulação do primeiro turno apontou que Lula ficaria com 37,5% dos votos, seguido por Alckmin, que aparece com 20,6% dos votos e o pré-candidato do PMDB, Anthony Garotinho, que tem 15,0%.

Aprenda a investir na bolsa

No caso de um segundo turno entre Lula e Geraldo Alckmin, o primeiro ficaria com 45% dos votos, vencendo o segundo, que teria 33,2% dos votos, de acordo com o levantamento. Em fevereiro, o atual presidente tinha 51,3% das intenções de voto.

Desempenho pessoal e do governo

Quanto ao desempenho pessoal do atual presidente, a aprovação passou de 53,3% em fevereiro, para 53,6% em abril, ou seja, praticamente a mesma. Já a desaprovação caiu de 38% para 37,6% em abril.

O governo Lula foi avaliado positivamente por 37,6% das pessoas entrevistadas, quase a mesma parcela de fevereiro (37,5%). Por outro lado, a avaliação negativa do governo subiu de 21,4% em fevereiro, para 24,1% em abril, enquanto a regular passou de 40% para 36,7%.

Satisfação do Cidadão

A 81ª pesquisa CNT/Sensus também apurou que o Índice de Satisfação do Cidadão (ISC) caiu de 51,70 em fevereiro, para 51,40 em abril.

O levantamento foi realizado com duas mil pessoas em 195 municípios entre os dias 03 e 06 deste mês. A margem de erro é de três pontos, para mais ou para menos.