Lucas Papademos é confirmado como primeiro ministro grego

Karolos Papoulias, informou em comunicado que o novo governo tomará posse amanhã, às 10 horas de Brasília

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O  ex-vice presidente do BCE (Banco Central Europeu), Lucas Papademos, foi confirmado nesta quinta-feira (10) para o cargo de primeiro-ministro interino da Grécia, após a renúnica de George Papandreou. O presidente do país, Karolos Papoulias, enviou comunicado informando que o novo governo tomará posse amanhã às 10 horas de Brasília.

A decisão ocorreu após acordo entre os dois maiores partidos gregos sobre quem estará a frente do novo governo de coalizão entre governistas e oposição. A partir de agora Papademos chefiará este governo para garantir a ajuda financeira concedida pela União Europeia e pelo FMI (Fundo Monetário Internacional). 

O novo ministro é uma figura respeitada nas capitais europeias e esteve envolvido na adesão da Grécia à Zona do Euro em 2001, assim como na transição do dracma para o euro, quando era presidente do Banco Central da Grécia, nos anos 1990.  

PUBLICIDADE

Novo governo
As apostas para o novo governo, que deverá durar até as eleições antecipadas na Grécia no início de fevereiro, são altas. Chefiado por Papademos, deverá votar o orçamento de 2012 e adotar o plano de austeridade acordado na última cúpula da UE. Conforme afirma o comunicado do presidente do país, também será responsável por aprovar o pacote de ajuda europeu de € 130 bilhões de euros.

Vale mencionar que Papademos tem muitos desafios no país, entre eles restaurar a ordem econômica e política na Grécia e conquistar a confiança da população.