Lobão reforça pedido de que repasse de royalties do pré-sal fique em 12%

Ministro pediu ainda que não se alterem os percentuais destinados à Marinha e ao Ministério de Ciência e Tecnologia

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O ministro de Minas e Energia Edison Lobão reforçou pedido para que o percentual de repasse de royalties do pré-sal para estados e municípios fique em 12%. O pedido ocorreu durante reunião com o relator Henrique Alves, que apresenta seu relatório nesta terça-feira (27).

Lobão criticou a intenção de elevar o royalty de 10% para 15%, o que segundo ele “tira 5% da partilha, vale dizer, da União Federal” e pediu que não se alterem os percentuais destinados à Marinha e ao Ministério de Ciência e Tecnologia.

A comissão especial que estuda o sistema de partilha deve votar o relatório no início da noite.

Aprenda a investir na bolsa