Frases da semana

Levy gripado, Fifa e guerra “China x USA”: as 12 frases que marcaram a semana

Entre os "panos quentes" que foram colocados após o mal-estar com a ausência de Levy no anúncio do corte de Orçamento, a aprovação do "shopping dos deputados" e as peculiaridades da reforma política que tramitou esta semana, o noticiário foi repleto de frases marcantes

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Entre os “panos quentes” que foram colocados após o mal-estar com a ausência do titular da Fazenda no anúncio do corte de Orçamento, a aprovação do “shopping dos deputados” e as peculiaridades da reforma política que tramitou esta semana, o noticiário foi bastante movimentado. E repleto de frases marcantes. 

Com base nisso, o InfoMoney compila doze frases que ganharam destaque durante esta semana. O cenário político dominou, mas ainda há falas sobre a economia, possível guerra e até casamento. Confira abaixo:

“Quem julga alguma coisa de verdade não são essas pessoas, elas não entendem absolutamente nada de economia e política.”
Marina Mantega, filha do ex-ministro da Fazenda
, Guido Mantega, ao jornal Folha de S. Paulo. No último sábado, ele foi hostilizado após jantar em restaurante em São Paulo.

Aprenda a investir na bolsa

“Isso não foi discutido. (…) Vocês estão muito excitados”.
Ministro da Fazenda Joaquim Levy, ao ser perguntado por jornalistas se, caso não conseguisse alcançar o ajuste desejado, poderia deixar o governo. 

“Minha principal divergência com o ministro Levy é que ele é Botafogo e eu sou Vasco”,
ministro do Planejamento Nelson Barbosa após audiência pública no Congresso Nacional; desde que o titular da Fazenda faltou ao anúncio do contingenciamento, especulações sobre as diferenças entre os dois ministros provocaram alvoroço no mercado.

Mandam muita sacanagem. Eu vi, mas apaguei“,
deputado João Rodrigues (PSC-SC), ao falar porque tinha visto vídeos pornográficos ao lado de colegas durante sessão no Plenário sobre a reforma política. Declaração foi dada ao jornal Folha de S. Paulo. 

Branca, vermelha e azul, não é? Não, verde”.
Dilma Rousseff, ao abordar jornalista mexicano sobre a cor da bandeira do México. Ela questionou o jornalista sobre a cor da bandeira do México e ele respondeu: “branca, azul e vermelha”. Esta foi apenas uma das frases um tanto “confusas” da presidente durante a entrevista. Confira mais frases clicando aqui

“É o possível para o momento”
Marcelo Saintive, secretário do Tesouro Nacional, Marcelo Saintive, ao falar sobre o resultado primário de abril, de R$ 10,085 bilhões (que ficou abaixo do esperado). 

“Se algumas decisões do Congresso não são as decisões que a sociedade esperava obter, se as decisões podem frustar alguém, até a mim, pessoalmente, é porque o Congresso decidiu ficar como está”.
Eduardo Cunha, deputado e presidente da Câmara dos Deputados, ao citar a rejeição de diversos termos da reforma política, como o “distritão”, que representou uma derrota para o parlamentar. 

PUBLICIDADE

“Dizer que é shopping é palhaçada”.
O mesmo parlamentar, ao rebater os ataques ao projeto de construção um complexo de prédios com gabinetes para deputados e que poderia também abrigar restaurantes, lojas e escritórios particulares orçado em mais de R$ 1 bilhão.

Agora entendemos por que Dilma sempre afirmou que o seu governo era padrão FIFA“.
Deputado Bruno Araújo (PSDB-PE), ao traçar um paralelo irônico entre a presidente Dilma Rousseff e a Fifa (Federação Internacional de Futebol) em sua página no Facebook. Nesta semana, foi deflagrado um esquema de corrupção na Fifa. Contudo, ela não chegou a dizer essa frase e sim, que o governo dela era “padrão Felipão”.

“Se a demanda dos EUA envolver a interrupção das atividades chinesas, uma guerra entre os dois países no Mar da China Meridional é inevitável.”
Editorial do jornal chinês Global Times, ao destacar que as tensões entre a China e os Estados Unidos podem estar só começando. O motivo é o aumento da tensão entre os dois países no Mar da China Meridional, localizado no sul da China, parte do Oceano Pacífico.

“Você desperta em mim os instintos mais deliciosamente primitivos”.
Ex-deputado e condenado no mensalão Roberto Jefferson em fala dirigida à sua noiva. Ele se casou no início da tarde de sexta-feira em Três Rios, no Rio de Janeiro. A festa teve 250 convidados e foi orçada em R$ 250 mil. 

“Estou perplexo com o que aconteceu (…) não sabia de nada”.
Marco Polo del Nero, presidente da CBF, ao comentar o esquema de corrupção na Fifa.