Resposta

“Lava Jato perde qualquer senso do ridículo”, diz Lula após ser indiciado mais uma vez

Para Lula "o delegado Márcio Anselmo e a Operação Lava Jato, perderam hoje qualquer pudor ou senso de ridículo ao apresentar um relatório com acusações sem qualquer base"

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Após ser novamente indiciado pela Polícia Federal no âmbito da Operação Lava Jato, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva publicou em sua página no Facebook uma resposta em que afirma que a “Lava Jato perde qualquer senso do ridículo” para atacá-lo. Também foram indicados pelo crime de lavagem de dinheiro a ex-primeira dama Marisa Letícia, o ex-ministro Antônio Palocci, e mais quatro pessoas.

Segundo Lula “o delegado Márcio Anselmo e a Operação Lava Jato, perderam hoje qualquer pudor ou senso de ridículo ao apresentar um relatório com acusações sem qualquer base”. O ex-presidente explica que as acusações são sobre um apartamento vizinho ao seu, o qual ele paga aluguel, e também de um terreno que “jamais foi e onde jamais funcionou o Instituto Lula”.

O petista lembra ainda que “o delegado, que já emitiu ataques ao ex-presidente no Facebook dizendo que ‘alguém precisa parar essa anta’, e defendeu o candidato Aécio Neves, ao invés de se declarar suspeito para atuar nos casos envolvendo o ex-presidente, apresenta um relatório sem qualquer base factual e legal ou fundamento lógico”.

Aprenda a investir na bolsa

Lula afirma que as práticas contra ele consistem em um exemplo de “lawfare” e que já foram denunciadas por seus advogados no Alto Comissariado de Diretos Humanos das Nações Unidas. Ele ainda ressalta que o governo brasileiro tem até o dia 27 de janeiro para responder “contra os abusos de autoridade cometidos com fins políticos contra o ex-presidente da República”.