Política e ficção

Kevin Spacey diz o que acha da comparação entre Frank Underwood e Eduardo Cunha

Na conversa, ele disse que não gosta de julgar seus personagens, mas considera a comparação com Cunha e outros políticos "interessante"

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Desde 2015, a comparação entre o ex-deputado Eduardo Cunha e o personagem principal da série House of Cards, Frank Underwood (interpretado por Kevin Spacey) ganhou força no Brasil dada a trama política do programa com o momento que o Brasil passa e o que acontecia no Congresso quando Cunha liderava a Câmara dos Deputados.

Neste fim de semana, o ator concedeu uma entrevista para jornalistas da América Latina para divulgar o lançamento da primeira temporada da série da Netflix no canal pago Paramount Channel. Na conversa, ele disse que não gosta de julgar seus personagens, mas considera a comparação com Cunha e outros políticos “interessante”.

“Como ator, eu não posso fazer um julgamento moral sobre um personagem. (…) Tem sido interessante ver que, independente da política, o personagem tem sido visto de formas diferentes”, afirma. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Aprenda a investir na bolsa

O ator ainda se disse surpreso com o fato de que algumas pessoas veem o seu personagem em House of Cards como um “combatente da corrupção”. Spacey afirmou também que isso acontece com frequência na China, sendo que Underwood é visto com bons olhos até mesmo por alguns americanos de Washington.

Ele ainda comentou que há pessoas que enxergam seu personagem por um ângulo heroico, como alguém que “quebra todas as regras” e luta contra o poder estabelecido. Spacey, porém, disse que não quer classificar o político como bom ou mau. “Eu sempre fico preocupado que a minha opinião possa transparecer de alguma forma. O que tento fazer é proteger o personagem, sem confundi-lo comigo, e acho que até agora tive bastante sucesso nisso”, completou.