Kan assume posto de primeiro-ministro no Japão, após renúncia de Hatoyama

Ex-primeiro-ministro saiu após queda forte de popularidade; Naoto Kan assume compromisso de restaurar confiança

SÃO PAULO – O antigo ministro das Finanças do Japão, Naoto Kan, assumiu o cargo de primeiro-ministro do país após a renúncia de Yukio Hatoyama na última quarta-feira (2).

Do total de 477 deputados presentes na votação na Câmara dos Representantes, Kan recebeu 313 votos a favor de sua posse. Ele também foi recém-escolhido como líder do Partido Democrático.

Crise de popularidade
Yukio Hatoyama renunciou ao posto após ver sua popularidade despencar para apenas 17% entre os eleitores japoneses, descontentes com promessas de campanha não cumpridas, especialmente a mudança da base militar norte-americana da ilha de Okinawa.

PUBLICIDADE

Kan assume, então, com a tarefa de restaurar a confiança na política japonesa. Em discurso, o político disse que preservará a aliança com os Estados Unidos, assim como com seus vizinhos asiáticos.