Justiça Eleitoral cancela mais de 1,866 milhão de títulos

A maioria foi cancelada devido à revisão eleitoral que ocorreu em mais de mil municípios cujo eleitorado representa mais de 80% da população

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A Justiça Eleitoral cancelou 1.866.020 títulos de eleitores em 24 estados do país. Deste total, 1.287.562 foram cancelados por meio da revisão determinada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) em mais de mil municípios, cujo eleitorado representava acima de 80% da população. Outros 578.458 foram excluídos por determinação dos Regionais.

A Bahia foi o estado com o maior número de cancelamentos (677.790), seguida por Minas Gerais (211.550) e Paraná (128.948). Somente o Amapá, Roraima e Distrito Federal não passaram pela revisão.

Já em São Paulo, foram registrados 119.374 cancelamentos.

Revisão do eleitorado

Aprenda a investir na bolsa

Em setembro do ano passado, o TSE determinou a revisão do eleitorado de 1.128 cidades, o que significa quase 25% dos municípios do país. Desta foram, 6.812.962 eleitores deveriam comparecer ao cartório eleitoral de sua cidade para regularizar a situação.

A revisão foi feita com o objetivo de regularizar o cadastro, verificar e corrigir irregularidades, para evitar fraudes eleitorais, além de excluir do sistema eleitores que já faleceram.