No STF

Juros simples em dívida dos Estados pode fazer União descumprir meta fiscal, diz Barbosa

Em audiência sobre o tema no Supremo Tribunal Federal (STF) com a presença de governadores e representantes de sete Estados, Barbosa novamente defendeu que o sistema de juros compostos

BRASÍLIA (Reuters) – O ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, afirmou nesta terça-feira que uma decisão judicial a favor do cálculo da dívida dos Estados com juros simples, e não compostos, poderia levar a União a descumprir a meta fiscal.

Em audiência sobre o tema no Supremo Tribunal Federal (STF) com a presença de governadores e representantes de sete Estados, Barbosa novamente defendeu que o sistema de juros compostos é a base para os contratos financeiros e que uma mudança de interpretação poderia criar grande incerteza jurídica.

Especiais InfoMoney:

PUBLICIDADE

Carteira InfoMoney rende 17% no 1º trimestre; 5 novos papéis entraram no portfólio de abril

Trader que perdeu R$ 285.000 com Telebras conta como deu a volta por cima

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa