Agenda de reformas

Jucá defende aprovação de reforma da Previdência ‘possível’

"Temos que voltar ao debate e aprovar a reforma possível", afirmou o peemedebista

Aprenda a investir na bolsa

O presidente nacional do PMDB, senador Romero Jucá (RR), defendeu nesta quarta-feira, 6, a aprovação de uma reforma da Previdência “possível”. Para ele, a reforma possível deve alterar pontos como privilégios do funcionalismo público e elevação da idade mínima para aposentadoria.

“Temos que voltar ao debate e aprovar a reforma possível”, afirmou o peemedebista em entrevista à imprensa, após evento de filiação do senador Fernando Bezerra (PE) ao PMDB. Na avaliação dele, a mudança na idade mínima e o fim dos privilégios são “mecanismos tranquilos” de serem aprovados pelo Congresso.

Jucá reconheceu que houve “equívoco” e “manipulação” por parte do governo no processo de comunicação sobre a reforma da Previdência durante a discussão da proposta na comissão especial da Câmara. “O que houve foi muita manipulação e equívoco do governo”, afirmou o senador.

Aprenda a investir na bolsa

O presidente do PMDB defendeu, porém, a proposta do governo. “Nenhum país está fazendo uma reforma da Previdência suave como o governo brasileiro”, disse. “Se fosse candidato a presidente, estaria rezando para esse governo fazer a transição e aprovar a reforma da Previdência”, acrescentou.