Jucá afirma que negociações sobre pré-sal ficarão para a próxima semana

Primeiro projeto a ser votado no Senado será o da Petro-sal; constitucionalidade de capitalizar Petrobras será estudada

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – As negociações sobre o marco regulatório do pré-sal voltam a ocupar lugar de destaque no noticiário desta terça-feira (13), após a declaração do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), de que as definições devem ficar para a próxima semana.

O senador, responsável pela intermediação entre oposição e situação sobre a questão, afirmou que irá verificar o andamento dos quatro projetos em relação à região do pré-sal individualmente, com cada um dos relatores.

Em entrevista à Agência Brasil, Jucá afirmou que a pauta permanecerá trancada até segunda-feira, sendo que o projeto da Petro-sal “será o primeiro a ser votado”.

Aprenda a investir na bolsa

Capitalização da Petrobras
Também em entrevista à Agência Brasil, o senador Antonio Carlos Junior (DEM-BA), relator na Comissão de Constituição e Justiça do projeto de lei de capitalização da Petrobras (PETR4, PETR3), afirmou que receberá ainda esta semana um estudo da Consultoria Legislativa do Senado sobre a constitucionalidade do texto.

“Temos que ter alternativas. E se não for viável a capitalização como propõe o governo? Se não for constitucional, terei que fazer ajustes”, afirmou. Segundo ele, um prazo de 90 dias para a análise dos quatro projetos estabeleceria um calendário viável para as votações.