Mais um candidato

Joaquim Barbosa filia-se ao PSB e pode disputar as eleições para presidente

Ex-presidente do STF não garantiu sua participação no pleito

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O ex-presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Joaquim Barbosa, anunciou na noite da última sexta-feira (6) sua filiação ao PSB (Partido Socialista Brasileiro), nas últimas horas do prazo legal determinado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Assim, cresce a expectativa de que o ex-ministro seja candidato do partido nas eleições deste ano.

“Joaquim Barbosa é um homem público honrado, de trajetória admirável, que vem reforçar e qualificar os quadros do partido. É uma satisfação contar com o ministro no PSB neste momento tão desafiador do nosso País”, afirmou o presidente do PSB, Carlos Siqueira, em nota oficial do partido sobre a filiação de Barbosa.

Apesar da expectativa por sua participação nas eleições, o ex-presidente do STF revelou, através de sua conta oficial do Facebook, que ainda não sabe qual será sua posição, mas que se filiou para não perder o prazo caso deseje disputar o pleito, que ganha mais um potencial candidato: “embora uma parcela considerável das lideranças do partido externem simpatia pela minha filiação, o fato é que, em total transparência, o PSB deixou claro que não me garante de antemão a legenda para uma possível candidatura”, disse Barbosa. Vale lembrar que os partidos têm até 15 de agosto para apresentarem o registro dos candidatos.

PUBLICIDADE

O presidente do PSB lembrou da atuação do ex-ministro no combate à corrupção, citando sua importante atuação no caso do Mensalão, quando denunciou figuras importante do PT e PSDB. “Ele deixou sua marca pessoal de firmeza e independência, e, ao colocar em discussão na corte pautas progressistas contribuiu para um significativo avanço civilizatório da sociedade brasileira”, disse Siqueira.