Até ele?

Japonês da Federal é preso por facilitar contrabando no Paraná

Agente que ficou famoso na Operação Lava Jato foi condenado a quatro anos e dois meses de prisão

SÃO PAULO – O policial federal, Newton Ishii, conhecido como “Japonês da Federal” por suas diversas aparições em prisões e conduções coercitivas de autoridades na Operação Lava Jato, foi preso na última terça-feira (8) em Curitiba. De acordo com informações do G1, o mandado foi expedido pela Vara de Execução Penal da Justiça Federal de Foz Iguaçu, na tríplice fronteira do estado do Paraná com a Argentina e o Paraguai. 

As notícias são de que ele foi condenado a quatro anos e dois meses de prisão em 2003 por conta das revelações da Operação Sucuri, que investigou a facilitação do contrabando de mercadorias por meio de agentes da PF.