Japão quer voltar a discutir alimentos e biocombustíveis com G-8

O governo do país asiático irá entrar em contato com líderes dos outros países para fazer uma reunião e discutir o assunto

SÃO PAULO – O governo do Japão quer voltar a discutir o aumento no preço dos alimentos e a adoção de biocombustíveis com os outros países membros do G-8, o grupo dos sete países mais desenvolvidos e a Rússia.

Segundo informações da Agência Kyodo, o país asiático, atual presidente do grupo, pretende entrar em contato com Estados Unidos, Canadá, França, Alemanha, Reino Unido, Itália e Rússia, para organizar uma reunião em outubro ou novembro deste ano.

Produção de biocombustíveis

No encontro, os ministros da Agricultura deverão discutir o critério que deverá prevalecer para continuar produzindo biocombustíveis, de uma forma que não afete a quantidade de alimentos disponíveis para consumo.

PUBLICIDADE

“Gostaríamos de trocar pontos de vista para que os países posicionem firmemente a segurança dos alimentos como sua política”, disse o vice-ministro da Agricultura do Japão, Toshiro Shirasu.

Na reunião, os líderes também deverão abordar a criação de um sistema multilateral para o armazenamento de alimentos.