Japão prorroga sanções contra a Coréia do Norte

Decisão foi feita devido a reativação do programa nuclear pela Coréia do Norte e pelo pouco avanço nas investigações do seqüestro de japoneses

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O governo do Japão decidiu prorrogar por mais seis meses as sanções contra a Coréia do Norte, que deveriam terminar no próximo dia 13 de outubro.

A decisão por prorrogar o período de punição aconteceu devido ao fato de que a Coréia do Norte continua com o plano de reativar seu programa nuclear, e teve poucos avanços na investigação do seqüestro de japoneses.

Quarta prorrogação

Essa é a quarta vez que o governo japonês decide prorrogar o período de sanções ao vizinho asiático. A punição teve início em 2006, após a realização de testes nucleares em Pyongyang, em outubro do mesmo ano.

Aprenda a investir na bolsa

As sanções incluem a proibição da importação de produtos norte-coreanos, assim como a exportação de produtos japoneses para o país. Navios da Coréia do Norte também estão proibidos de entrar no território marítimo do Japão.