RADAR INFOMONEY Por que o mercado "gostou" do aumento na conta de luz? Assista ao programa desta terça

Por que o mercado "gostou" do aumento na conta de luz? Assista ao programa desta terça

Japão: premiê deve dissolver parlamento; oposição quer diversificar reservas

Derrotada em Tóquio, situação pode antecipar eleições; possível ministro das Finanças defende menor alocação em Treasuries

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Conforme fontes oficiais, o primeiro-ministro do Japão, Taro Aso, planeja dissolver o parlamento, visando promover novas eleições em 30 de agosto.

A tentativa de Aso é fortalecer seu partido, que se vê desprestigiado nas urnas após perder eleições em Tóquio no último domingo (12). O resultado na capital é considerado um barômetro para as eleições nacionais, a ocorrerem em outubro próximo.

Mudanças

Se Aso perder nas urnas, o Japão deverá diversificar suas reservas internacionais. É o que indica Masaharu Nakagawa, que deve ocupar o cargo de Ministro das Finanças do Japão caso o oposicionista PDJ (Partido Democrático do Japão) ganhe.

Aprenda a investir na bolsa

“No médio e longo prazo, devemos fazer o que podemos para evitar riscos de perdas no mercado de câmbio ou da turbulência econômica caso o dólar enfraqueça”, afirmou Nakagawa, ao representar o partido que lidera as pesquisas no país.

Por fim, cabe ressaltar que o Japão é o segundo maior detentor de Treasuries do mundo, com US$ 685,9 bilhões em títulos do governo norte-americano.