Japão ordena envio de navios para missão antipirataria na costa africana

Duas embarcações das Forças de Defesa do Japão devem deixar o país asiático neste sábado, em direção à Somália

SÃO PAULO – O ministro da defesa do Japão, Yasukazu Hamada, ordenou nesta sexta-feira (13) o envio de dois navios para participar da missão antipirataria no litoral da Somália, país africano.

As duas embarcações devem deixar o Japão neste sábado (14), com cerca de 400 oficiais e a tarefa de proteger outras embarcações japonesas nas águas africanas.

Ação conjunta

Além do Japão, outros países já enviaram embarcações para a região, para participar da missão contra a pirataria, como Reino Unido, Alemanha, França e Estados Unidos.

PUBLICIDADE

No ano passado, três navios japoneses foram atacados na região. Um deles ficou em poder dos piratas por três meses, sendo liberado após o pagamento de US$ 2 milhões para o resgate.