Japão já começa a se preparar para missão antipirataria na África

Ministro da Defesa deu ordem para que Forças japonesas comecem a se preparar para ação de combate a pirataria

SÃO PAULO – O ministro de defesa do Japão, Yasukazu Hamada, ordenou às Forças de Autodefesa do país a já se prepararem para a missão de combate à pirataria na costa da Somália.

A ordem foi dada nesta quarta-feira (28), e a missão deverá ter início em março, após o treinamento das forças japonesas. A ação tem o objetivo de proteger navios japoneses e ligados aos Japão de piratas que têm agido na costa africana.

Aprovação do primeiro-ministro

Assim que o treinamento terminar, Hamada deverá emitir uma ordem para que as ações comecem nas águas africanas, com a aprovação do primeiro-ministro Taro Aso.

PUBLICIDADE

O ministro da Defesa também enfatizou que é preciso elaborar uma nova lei sobre as ações marítimas das Forças de Autodefesa japonesa, que possibilite atuações fora do território japonês, o que não é permitido pela lei atual.