Japão irá oferecer US$ 17 bilhões a países asiáticos para ajudar a superar a crise

O dinheiro deverá ser investido em projetos de infraestrutura, com o objetivo de aumentar a demanda da região

SÃO PAULO – O primeiro-ministro japonês, Taro Aso, anunciou, no último sábado (31), durante o Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça, que irá oferecer uma ajuda de US$ 17 bilhões a outros países da Ásia.

A iniciativa seria uma forma de ajudar essas nações a enfrentar a crise financeira mundial. O montante equivale a ¥ 1,5 trilhão, que deverão ser usados em projetos de infraestrutura.

Cooperação regional

Segundo Aso, a ajuda também será feita para fortalecer a cooperação entre os países da região, e fazer com que a Ásia cresça e expanda a sua demanda doméstica.

PUBLICIDADE

Além dessa medida, o primeiro-ministro também afirmou que o Japão pretende estabelecer um meta para a redução das emissões de gás carbônico até junho deste ano.