Japão irá destinar US$ 100 milhões para combater alta no preço dos alimentos

Segundo comunicado do governo japonês, metade desse dinheiro será destinado a países da África, já no próximo mês

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O Japão anunciou, na última quinta-feira (24), que irá aplicar US$ 100 milhões em ações nos próximos três meses, para amenizar os efeitos da alta nos preços de alimentos. Metade dessa quantia será destinada aos países africanos, por meio do PMA (Programa Mundial de Alimentos).

Segundo a Agência Brasil, o comunicado do Ministério de Relações Exteriores do Japão, que circulou na última sexta-feira (25) na 12ª Conferência da Unctad (Nações Unidas para o Comércio e Desenvolvimento), informava que a ajuda atende ao apelo emergencial do PMA.

Outras ações

O comunicado também informava que o país asiático já contribuiu com US$ 68 milhões para o Programa este ano, e que em 2007 foram destinados US$ 119 milhões ao fundo, sendo o quinto país a mais doar dinheiro.

Aprenda a investir na bolsa

O Japão também decidiu incluir o boom das commodities entre os temas da próxima reunião do G8, que será feita entre os dias 07 e 09 de julho, no país.

Na última terça-feira (22), o Reino Unido anunciou que iria destinar US$ 980 milhões para combater o aumento no preço de alimentos.