Japão instala mais duas plataformas para lançamento de mísseis

As plataformas serão usadas na defesa aéra de Tóquio. Governo teme ataques terroristas da Coréia do Norte

SÃO PAULO – O Japão instalou, nesta quarta-feira (30), mais duas plataformas de lançamento de mísseis em Tóquio. O objetivo da ação é defender a cidade de possíveis ataques norte-coreanos.

Este é o terceiro dispositivo de defesa que o país asiático instala nas proximidades de sua capital. As plataformas estão localizadas na base das Forças Aéras de Autodefesa, em Takeyama, sudoeste de Tóquio.

Em março do ano passado, foi instalado o primeiro dispositivo na base de Iruma, e em novembro, na base de Narashino, foi instalado o segundo.

Defesa

PUBLICIDADE

Foram instalados os mísseis balísticos para Patriot Advanced Capability (PAC-3), que podem interceptar outros mísseis e destruí-los.

O governo japonês pretende colocar, até março de 2011, mais nove bases para o uso de mísseis de defesa. A procura agora é por um local dentro de Tóquio, para proteger o centro da cidade, já que os mísseis são de curto alcance, e os equipamentos já instalados não conseguem proteger essa área.

Cerca de 80 pessoas protestaram contra a instalação das plataformas, afirmando que a base anti-míssil não protege ninguém.