Japão indica o atual vice-presidente do BoJ para o cargo de líder da instituição

O governo indicou Masaaki Shirakawa, que é apontado como um candidato de consenso para o cargo

SÃO PAULO – O governo japonês propôs, na última segunda-feira (7), o vice-presidente do BoJ (Banco do Japão), Masaaki Shirakawa, como o presidente da instituição. Com isso, o governo pretende dar fim ao período de três semanas em que o Banco ficou sem um líder.

Para o cargo de vice-governador, o Japão indicou o ex-vice-ministro de Finanças, Hiroshi Watanabe.

Governo x Oposição

Shirakawa, que é apontado como um candidato consenso, já havia sido indicado como vice-governador no mês passado.

PUBLICIDADE

Para que uma pessoa possa assumir o cargo de presidente do BoJ é necessário a aprovação pela Câmara Baixa, de maioria do governo, e da Câmara Alta, cuja maioria dos membros são da oposição, que vetou duas indicações anteriores do governo japonês.

Com isso, desde o dia 19 de março, quando Toshihiko Fukui deixou o cargo de líder, a instituição está sem presidente, o que não acontece a mais de 80 anos.