Japão e Estados Unidos concordam em fortalecer a aliança militar

Decisão foi feita mesmo com recentes acontecimentos envolvendo militares americanos, como a violação de uma japonesa

SÃO PAULO – O ministros das Relações Exteriores do Japão, Masahiko Komura, e o comandante das Forças Armadas dos Estados Unidos, Edward Rice, concordaram em continuar o fortalecimento da aliança militar entre os dois países, na última quarta-feira (19).

A decisão foi feita apesar dos recentes acontecimentos, como um suposto estupro de uma garota japonesa por um militar americano.

Mais disciplina

Segundo a agência Kyodo, o ministro japonês afirmou que as relações entre Japão e Estados Unidos são boas, e que a aliança militar está forte. Porém, também afirmou que, considerando os incidentes envolvendo os militares americanos, é preciso ter disciplina.

PUBLICIDADE

Tanto Komura quanto Rice não entraram em detalhes sobre os acontecimentos como a violação da garota japonesa, somente de forma superficial.

Atualmente há quase 45 mil soldados dos Estados Unidos no Japão. No dia 10 de fevereiro um deles foi detido após ser acusado de estuprar uma menina de 14 anos.