Japão critica visita de primeiro-ministro sul-coreano às ilhas Takashima

O líder da Coréia do Sul visitou as ilhas e inaugurou um monumento que diz que o território pertence ao seu país

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O governo do Japão considerou inapropriada a visita do primeiro-ministro sul-coreano, Han Seung-Soo, às ilhas de Takashima, que vem gerando desentendimentos entre os dois países sobre o controle do território.

O líder da Coréia do Sul viajou para o local na última terça-feira (29), acompanhado de mais dois ministros, e inaugurou um monumento no qual proclama as ilhas como pertencentes ao território do país.

Disputa

As nações asiáticas disputam o controle de duas ilhas, chamadas de Takashima pelos japoneses e Dokdo pelos coreanos, que são inabitáveis e com numerosos recifes.

PUBLICIDADE

A disputa reacendeu nos últimos meses e, em julho deste ano, o governo japonês informou ao país vizinho que pretende elaborar um documento educacional onde declara que as ilhas de Takashima pertencem ao território japonês. O documento seria adotado a partir de 2012 nas escolas, como parte de estudos sociais.