Japão cancela a importação de carne bovina de fábrica dos Estados Unidos

O país encontrou quantidades de carne que violam o acordo que possui com os EUA, para o controle da doença da vaca louca

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O governo japonês suspendeu, nesta sexta-feira (8), a importação de carne bovina de uma fábrica dos Estados Unidos, após a descoberta de violações a um acordo comercial existente entre os dois países.

De acordo com os Ministérios da Saúde e da Agricultura do Japão, esta é a terceira vez que a fábrica do estado do Kansas infringe o acordo, que tem como objetivo evitar a propagação do mal da vaca louca.

Quantidade

Foram encontrados 4,5 quilos gramas de carne que violam o acordo, em uma carga de 3,8 toneladas dividida em 298 caixas. Após isso, o governo decidiu banir a importação do produto dessa empresa por tempo indeterminado.

Aprenda a investir na bolsa

O acordo entre os países define que o produto exportado para o Japão não deve conter espinha dorsal, tecido cerebral e as demais partes relacionadas com a doença.

Em 2003, a entrada da carne americana no país asiático foi proibida, devido à detecção do primeiro caso do mal da vaca louca nos Estados Unidos. Em julho de 2003, os japoneses aboliram o veto para a carne do animal que foi abatido com menos de 20 meses.