Japão avalia tratado com o Brasil para assegurar compra de etanol

Para fornecimento estável de etanol brasileiro, o governo japonês pretende firmar tratado de livre comércio com o país

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Em busca de fornecimento estável de etanol do Brasil, o governo japonês está disposto a firmar tratado de livre comércio com o país.

O Japão já tem acordos para incentivar o desenvolvimento conjunto de sua produção com o Brasil, o maior produtor de etanol do mundo com cerca de 15 milhões de quilolitros anuais.

Combustível brasileiro

O ministro da Economia, Comércio e Indústria, Akira Amari, fez referência à necessidade do combustível brasileiro em um encontro com empresários que pediram apoio para as importações de etanol.

Aprenda a investir na bolsa

Atualmente, o Japão só utiliza essa fonte de energia vegetal em experimentos científicos, mas pretende estender o uso à indústria, a fim de cumprir as normas impostas no protocolo de Kyoto para diminuir emissão de poluentes.

Segundo especialistas, o combustível derivado das plantas reduz as emissões de dióxido de carbono, pois ao ser processado, libera apenas CO2, que já havia sido absorvido pelos vegetais.