Japão assina acordo com Austrália para formar aliança militar

Com o acordo, as tropas dos dois países vão realizar operações conjuntas para manutenção da paz

SÃO PAULO – O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, e o primeiro-ministro da Austrália, John Howard, assinaram acordo de segurança para que as tropas dos dois países realizem operações conjuntas de manutenção de paz.

Com o acordo, a Austrália agora se integra a aliança formada após a segunda Guerra Mundial entre Japão e Estados Unidos, contra a ameaça de desastres e terrorismo. As tropas militares dos países em questão juntaram forças para manter o acordo de paz mundial.

Ameaça de ofensiva

Abe disse que a adesão australiana não significa uma ameaça de ofensiva por parte das detentoras do título de grandes economias mundiais, mas simplesmente uma união de forças para manter a segurança.

Desde 2002, Japão e a Austrália, que já tinham acordos separados com os Estados Unidos, discutem a união entre as três potências. A nova decisão determina aliança única com os norte-americanos.

“A articulação trilateral deve aumentar e fortificar relacionamentos entre Japão, Austrália e EUA”, declarou Abe.