Japão anuncia pacote de itens de luxos embargados para a Coréia do Norte

Com a lista, o país incrementa suas medidas de repúdio contra os testes nucleares realizados pela vizinha

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O governo japonês anunciou na terça-feira (14) uma lista de 24 itens de luxo que serão proibidos de serem exportados para a Coréia do Norte, incrementando suas medidas de repúdio contra os testes nucleares realizados pela vizinha.

Entram no pacote carros, motocicletas, jóias, relógios, equipamento audiovisual e objetos de arte. As exportações desses produtos à Pyongyang em 2005 somaram cerca de ¥ 1,1 bilhão, 16% do valor dos produtos japoneses que entraram no país.

Testes nucleares

No começo de outubro, os norte-coreanos detonaram uma bomba atômica em caráter de teste em seu território, gerando uma tensão internacional, principalmente entre o Japão e os Estados Unidos, França, Coréia do Sul, China e a Rússia, que são os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU (Organização das Nações Unidas).

Aprenda a investir na bolsa

Esses países impuseram sanções econômicas ao país em repúdio aos testes e com o objetivo de coibir novas experimentações e desenvolvimentos nesse sentido.

O primeiro-ministro japonês, no entanto, adiantou-se ao consenso entre os seis e impôs, de maneira unilateral, suas próprias restrições, que serão mantidas mesmo após as negociações, como avisado.