Japão: aliados do governo aprovam moção de confiança em favor de Fukuda

Iniciativa foi tomada em resposta à moção de censura contra o primeiro-ministro, aprovada pela oposição na última quarta-feira

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O PLD (Partido Liberal-Democrático) e o Novo Komeito, aliados do governo japonês, aprovaram na Câmara Baixa uma moção de confiança em favor do primeiro-ministro, Yasuo Fukuda.

A medida foi feita como uma reação à moção de censura ao político, aprovada na última quarta-feira (11) pela oposição. Para os aliados, Fukuda está cumprindo com sua responsabilidade de forma satisfatória e está qualificado para se manter no comando do governo.

Boicote

O PDJ (Partido Democrático do Japão) e outros partidos da oposição não compareceram a votação na Câmara Baixa, realizada nesta quinta-feira (12), pois decidiram boicotar todas as votações. Essa foi a primeira moção de censura aprovada contra um primeiro-ministro, sob a atual Constituição japonesa.

Aprenda a investir na bolsa

De acordo com as determinações japonesas, caso a Câmara Baixa aprove uma moção de censura, o governo deve renunciar, mas se é o Senado, não há efeitos vinculativos.

A oposição tomou a iniciativa por estar em desacordo com o novo programa de seguridade social para idosos, por considerar que os custos para as pessoas da terceira idade são muito altos.