Japão afirma que Tóquio está financeiramente segura para sediar Olimpíadas de 2016

País anunciou empréstimo de US$ 100 bi ao FMI, e disse que isso mostra que economia de Tóquio está segura para sediar os jogos

SÃO PAULO – O Japão conseguiu aproveitar a crise econômica para reforçar a candidatura de Tóquio para sediar as Olimpíadas de 2016. O país asiático concedeu um empréstimo de US$ 100 bilhões ao FMI (Fundo Monetário Internacional) para que o órgão repasse o dinheiro a outras nações.

Para o governo japonês essa atitude demonstra que o país está com um setor bancário forte e possui habilidade para resistir à crise financeira.

Orçamento para os jogos

Além disso, ao anunciar o empréstimo, o Japão afirmou que Tóquio possui um orçamento responsável e poderá organizar as Olimpíadas sem cortes nos gastos.

PUBLICIDADE

A capital japonesa concorre com Rio de Janeiro, Madrid e Chicago para sediar os jogos de 2016. A decisão do COI (Comitê Olímpico Internacional) será anunciada em outubro de 2009.