Itália é um perigo claro e presente para Zona do Euro, diz Cameron

Primeiro-ministro britânico considerou que se líderes europeus querem salvar a moeda única eles precisam agir rápido

SÃO PAULO – O primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron classificou a situação da Itália como um “perigo claro e presente” para a Zona do Euro, de acordo com informações da imprensa internacional divulgada nesta quinta-feira (10).

“O que está acontecendo na Itália é um aviso para todos os governos, sem um plano credível para lidar com déficits e dívidas excessivos”, afirmou.

“A Itália é o terceiro maior país da Zona do Euro e seu estado atual é um perigo claro e presente para a região, e o momento da verdade está se aproximando”, acrescentou.

PUBLICIDADE

BCE deve apoiar fundo de resgate
O premiê britânico também defendeu que o BCE (Banco Central europeu) deve usar seus recursos para sustentar o fundo de resgate e dar-lhe capacidade suficiente para apoiar as maiores economias da região. Ele afirmou que, se os líderes europeus querem salvar a moeda única, os governos e instituições da região devem agir agora. “Quanto mais tempo eles demoram, maior é o perigo”, destacou.