Irmão de Hatoyama sai do Partido Liberal Democrático para criar um novo partido

Primeiro-ministro Yukio Hatoyama diz que não vai formar parceria com o irmão, Kunio, que tomou sua decisão após pensar muito

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O ex-ministro de relações exteriores do Japão, Kunio Hatoyama, irmão mais novo do primeiro-ministro Yukio Hatoyama, declarou no domingo (14) sua saída do Partido Liberal Democrático (LDP).

“Tomei minha decisão completamente”, disse ele a um programa de televisão, expressando seu desejo de que outros colegas do LDP se aliassem a ele em um novo partido.

Para lançar um novo partido político, um grupo precisa ter ao menos cinco membros do congresso, número que Hatoyama acredita que conseguirá, dadas as críticas de outros políticos feitas à liderança do LDP, incluindo o secretário geral  Hiroyuki Sonoda.

PUBLICIDADE

Ele também conta com o apoio do ex-ministrod as Finanças Kaory Yosano e o ex-ministro da Saúde, Yoichi Masuzoe.

Irmão
O primeiro-ministro, Yukio Hatoyama, no entanto, descartou, nesta segunda-feira (15), a possibilidade de formar uma parceria com seu irmão. Ele disse aos jornalistas que “provavelmente esta foi uma medida tomada após considerar várias coisas, mas é um negócio do meu irmão. Não estou pensando em parceria com ele”, declarou.