Irã desafia EUA após anúncio de novas sanções contra programa nuclear

Governo da República Islâmica testou dois mísseis na região do Estreito de Ormuz, principal via de acesso mundial de petróleo

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O governo do Irã declarou nesta segunda-feira (2) ter testado com sucesso dois mísseis na região do Estreito de Ormuz, principal via de transporte de petróleo do mundo. O movimento foi visto como um desafio aos Estados Unidos, que anunciaram novas sanções contra o programa nuclear iraniano no sábado.

No mesmo sentido, a União Europeia espera chegar a uma decisão sobre o aumento de sanções contra o Irã até o fim de janeiro, de acordo com agências internacionais.

O programa nuclear iraniano é criticado pelas potências ocidentais, que afirmam que a República Islâmica pretende usá-lo para desenvolver armas atômicas. A tensão ganhou força quando a AIEA (agência nuclear da ONU) divulgou um relatório em que sugere que o país realmente busca desenvolver armas nucleares.

PUBLICIDADE

A perspectiva de um aumento das sanções levou Teerã a ameaçar fechar o Estreito de Ormuz, caso as sanções fossem impostas às suas exportações de combustível.