Decisão da Justiça

Investigação de acidente de Teori correrá sob segredo de Justiça, diz portal

Atualmente, há três investigações sobre o caso: uma do MPF (Ministério Público Federal), uma da PF e outra do Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos)

SÃO PAULO – A Justiça determinou que as investigações sobre as causas do acidente de avião que matou o ministro do STF Teori Zavascki corram sob sigilo, segundo o portal G1. A decisão foi do juiz Raffaele Pirro, da 1ª Vara de Angra dos Reis e foi confirmada pela assessoria de imprensa do Ministério Público do Rio de Janeiro. Já nesta terça-feira (24), as primeiras testemunhas do caso serão ouvidas pela PF (Polícia Federal). 

Atualmente, há três investigações sobre o caso: uma do MPF (Ministério Público Federal), uma da PF e outra do Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos). Nesta segunda-feira (23), ainda de acordo com o G1, a FAB (Força Aérea Brasileira) a caixa-preta da aeronave está parcialmente danificada.