Eleições 2014

Investigação da PF encontra irregularidades na chapa Dilma-Temer, diz jornal

Relatório foi entregue ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) no dia 18 de janeiro

SÃO PAULO – A (PF) Polícia Federal encontrou irregularidades na campanha da chapa que elegeu a ex-presidente Dilma Rousseff e o atual presidente Michel Temer em 2014.

Segundo a Folha de S.Paulo, relatório apresentado na ação que pede a cassação da chapa no TSE (Tribunal Superior Eleitora) afirma que pagamentos feitos a três gráficas não tinham como objetivo pagar por serviços prestados, mas seriam destinados a pessoas e empresas, além de fornecedores e subfornecedores.

O documento foi encaminhado à TSE na quarta-feira da semana passada (18), de acordo com a reportagem.

PUBLICIDADE