Segundo Folha

Impeachment perde fôlego – e Dilma retoma broncas no governo

Em tempos de crise, Dilma costuma manter mais a calma do que em momentos de aparente tranquilidade", afirma a colunista do Painel

SÃO PAULO – Depois da presidente Dilma Rousseff ganhar fôlego com as menores chances de um pedido de impeachment avançar no Congresso, o jeito mais autoritário da chefe de governo voltou, segundo afirma a coluna Painel, da Folha de S. Paulo.

De acordo com a colunista Natuza Nery, Dilma está de volta com o estilo “micromanagement”. “Em reuniões recentes, passou horas cobrando de sua equipe o detalhe do detalhe. Esse traço não era visto de forma tão frequente desde o ano passado”, afirmou.

Além disso, as famigeradas broncas também se avolumaram há algumas semanas, período coincidente com a perda de potência do impeachment. “Em tempos de crise, Dilma costuma manter mais a calma do que em momentos de aparente tranquilidade”, afirma a colunista.

PUBLICIDADE

Porém, a crise política segue sendo monitorada com atenção: auxiliares de Dilma avaliam que o risco de impeachment avançar no Congresso esmoreceu, mas a crise política ainda não foi debelada, afirmou o Valor Econômico. 

É hora ou não é de comprar ações da Petrobras? Veja essa análise especial antes de decidir: