Idade mínima de eleitores deve ser reduzida

Partidos governista e da oposição se unem para estabelecer proposta que reduziria em dois anos idade para votar; medida vai passar por referendo

SÃO PAULO – O Partido Liberal Democrático, do governo, e o Partido Democrático do Japão, de oposição, concordaram em abrir o diálogo para reduzir a idade mínima do eleitor para 18 anos, a partir da realização de um referendo nacional que estipularia regras para mudar a Constituição, informou o secretário-geral oposicionista, Yukio Hatoyama.

Lei atual

De acordo com a lei eleitoral em vigor, os japoneses só poderiam votar quando completassem 20 anos de idade. Os membros do comitê formado pelos partidos concordaram em manter essa idade durante um período de transição, proposta que era esperada nos últimos três anos.

A nova medida será submetida à aprovação popular.

PUBLICIDADE

De acordo com a agência de notícias japonesa Kyodo, a mudança, que mudará a constituição do país, não deve acontecer antes de 2009.