AO VIVO Renda extra imobiliária: Como montar uma carteira vencedora de FIIs; assista

Renda extra imobiliária: Como montar uma carteira vencedora de FIIs; assista

Ibope: impasse sobre IPI faz crescer audiência dos sites de montadoras

Em setembro, sites das montadoras tiveram audiência 11% maior e os das corretoras de investimento cresceram 6%

SÃO PAULO – Os sites de montadoras de automóveis e de corretoras de investimentos tiveram os maiores crescimentos em audiência na internet brasileira em setembro, de acordo com o levantamento do Ibope Nielsen Online divulgado na quarta-feira (4).

Na comparação com agosto, os sites das fabricantes de carros tiveram um aumento de 11% na audiência, registrando 4,1 milhões de visitantes únicos em setembro. O analista de mídia do Ibope Nielsen, José Calazans, atribui tal crescimento, entre outros motivos, ao impasse sobre a possível prorrogação do IPI reduzido.

“Os sites das montadoras vinham crescendo muito desde o ano passado, com o mercado automobilístico em ascensão”, disse Calazans. “A crise, a redução no crédito e a diminuição na produção das montadoras haviam reduzido a procura pela compra de carros e isso é diretamente refletido na internet”, explicou.

Corretoras

PUBLICIDADE

O crescimento nas visitas aos sites de corretoras de investimento também é indicativo de uma retomada nos ânimos dos investidores. Em setembro, a audiência subiu 6%, atingindo 1,075 milhão de visitantes únicos. O pico de crescimento, no entanto, de acordo com Calazans, ocorreu em julho deste ano.

“A audiência antes ficava em torno de 700 mil usuários e em julho saltou para 1,2 milhão”, afirmou o analista. “Embora não tenham superado o número de usuários de julho, nos últimos três meses, as visitas aos sites de corretoras se mantiveram acima de um milhão, indicando a volta do interesse das pessoas em investir, o que está relacionado à recuperação nas bolsas do mundo”.

Entre as categorias que obtiveram crescimento significativo na audiência no mês de setembro, destacam-se ainda os sites de previsão do tempo, gastronomia, estilo de vida, livros e empréstimos, aponta o Ibope.