Eleições

Ibope: Dilma é desaprovada por 60% em SP; confira números em MG, RJ e PE

Em São Paulo, Dilma aparece com 30% das intenções de voto, ante 25% de Aécio Neves (PSDB) e 6% de Eduardo Campos (PSB)

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A pesquisa Ibope divulgada na última quinta-feira (31) mostrou um cenário mais difícil para a presidente Dilma Rousseff em São Paulo e em Minas Gerais, os dois estados com maior número de eleitores do País. 

Em São Paulo, Dilma aparece com 30% das intenções de voto, ante 25% de Aécio Neves (PSDB) e 6% de Eduardo Campos (PSB). Assim, a petista e o tucano aparecem tecnicamente empatados, já que a margem de erro é de três pontos percentuais para cima ou para baixo. 

Em Minas, Aécio tem 41%, e Dilma, 31%. No Rio de Janeiro, um dos estados em que Dilma obteve a maior vantagem sobre José Serra (PSDB) na última eleição, a presidente aparece com 35%, enquanto Aécio tem 15%. Campos tem 5% das intenções de voto em Minas e no Rio. Já em Pernambuco, seu estado e que governou até abril deste ano, o candidato do PSB aparece com 37% das intenções de voto, enquanto tem Dilma tem 41%.

Aprenda a investir na bolsa

Um dos maiores fatores de preocupação para a presidente é a alta desaprovação do seu governo. A maior desaprovação da maneira como Dilma administra o país está em São Paulo, de 60%. No Rio, a desaprovação chega a 54%, apesar de liderar no estado. Já em Minas Gerais, o percentual é de 51%. A maior aprovação de Dilma é na Bahia, de 59%, estado governado por Jaques Wagner. É nesta unidade da Federação que a presidente tem o maior percentual de intenção de votos: 48%.