Em entrevista

Henrique Meirelles não vê capitalização da Petrobras neste momento

Ministro da Fazenda admitiu que o governo terá de analisar uma capitalização para a Eletrobras, mas não da Petrobras

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Em entrevista aos jornais Valor Econômico, Folha de S. Paulo, O Globo e O Estado de S. Paulo, o ministro da Fazenda Henrique Meirelles admitiu que o governo terá de analisar uma capitalização para a Eletrobras (ELET6), mas no momento não considera que seja necessário fazer o mesmo com a Petrobras (PETR3;PETR4).

Ao ser questionado sobre se o sucesso da operação de emissão de títulos feita ontem pela petroleira afasta um pouco a necessidade de capitalização imediata da petroleira, Meirelles respondeu “exatamente”. “Não estamos considerando que haja necessidade disso [capitalização]”, disse ele. Sobre a possibilidade de Pedro Parente assumir o comando da estatal, o ministro ainda destacou que este é um excelente nome, ressaltando em seguida que não estava dizendo que ele seria a “pessoa adequada para esse momento ou se será o escolhido”.

Na entrevista, Meirelles ainda afirmou que a  nova meta fiscal para este ano só será divulgada no início da próxima semana. O ministro da Fazenda afirmou que os dados que serão anunciados na sexta-feira durante o relatório bimestral de receitas e despesas ainda estão muito vinculados à meta atual e que, só no início da próxima semana, ele irá anunciar uma estimativa levando em conta todas as hipóteses atuais. “Vamos revisar e apresentar um número final do início da semana”, disse.

Aprenda a investir na bolsa

O ministro da Fazenda ressaltou, mais uma vez, que ainda não tem uma definição sobre a arrecadação com a CPMF. Os recursos com a recriação do tributo estão no orçamento federal, mesmo com a não aprovação, até o momento, do tema pelo Congresso. “Tem que se trabalhar com estimativas. Estimativas têm que ser colocadas com clareza”, frisou.

 (Com Agência Estado)