Henrique Meirelles diz que Brasil reage positivamente aos estragos da crise

Medidas adotadas pelo governo foram possíveis graças a reservas internacionais, depósitos compulsórios e mercado interno

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, afirmou nesta quarta-feira (25) que o País tem reagido bem à crise financeira mundial devido à recuperação no início de 2009 da produção, das vendas no varejo e de veículos, além do valor dos salários.

Para o presidente da autoridade monetária, as medidas adotadas pelo governo brasileiro para minimizar os estragos provocados pela crise foram possíveis devido ao amadurecimento do mercado interno e ao montante de reservas internacionais e de depósitos compulsórios disponíveis.

A queda do PIB (Produto Interno Bruto) nos três últimos meses de 2008, de acordo com Meirelles, deve ser avaliada como uma redução do acelerado crescimento em relação ao terceiro trimestre do mesmo ano, quando o PIB anualizado registrou avanço de 6,4%.

Futuro

Aprenda a investir na bolsa

Para elevar a liquidez no mercado de crédito, o Banco Central adotará medidas como o aumento de recursos para financiamentos via BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e de aportes no crédito rural.

“Apesar de enfrentar problemas, o Brasil está hoje em melhores condições que a grande maioria dos países emergentes”, concluiu o presidente do BC.