Internet

Hackers vazam informações pessoais de novo presidente do Senado e prometem “não dar sossego” a corruptos

"A mensagem é clara e direta: político, principalmente corrupto, não terá sossego enquanto nós estivermos aqui", diz a postagem

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Hackers do Anonymous Brasil tiraram do ar o site do senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) na tarde desta quinta-feira (2) em protesto à sua eleição ao comando do Senado na noite de quarta-feira (1º).

Em uma mensagem postada na página do grupo no Facebook, eles dizem que o ato é uma “pequena homenagem o mais novo corrupto, presidente dos corruptos”.

Eunício é investigado na Operação Lava Jato e já foi citado em duas delações premiadas. Além disso, segundo a força-tarefa, ele é o “Índio” da tabela do setor de propinas da construtora Odebrecht.

Aprenda a investir na bolsa

Em uma outra mensagem na página do grupo, os hackers divulgaram um link para um arquivo com informações pessoais do político cearense, como endereço, telefone residencial e uma lista de bens que pertenceriam a Eunício e o valor de cada um. A soma dos montantes chega a R$ 36,7 milhões.

Junto com a postagem, o grupo deixou outro recado à classe política: “a mensagem é clara e direta: político, principalmente corrupto, não terá sossego enquanto nós estivermos aqui”.